terça-feira, 4 de março de 2008

MISTURA DE CARIMBÓ

A "Folha" de hoje traz uma matéria sobre a banda paraense La Pupuña, que regravou o über-clássico "The Dark Side of the Moon", do Pink Floyd, só com ritmos regionais como o carimbó, a guitarrada e o tecnobrega. Corri para a internet e encontrei esta página que leva a um link autorizado de onde dá para baixar o disco inteiro. Mas "Charque Side of the Moon" é menos radical do que promete ser; eu, pelo menos, esperava uma coisa mais engraçada. A ousadia maior ficou mesmo por conta da capa, que incorpora o outro sentido que a palavra "charque" tem no Pará - e que não é o da carne de sol.

8 comentários:

  1. Não dava para ter aparado a Cláudia Ohana dela?

    ResponderExcluir
  2. sou publicitario sim tony, num tem como voltar atras hehe

    soh que to desempregado. faco parte das estatisticas.

    ResponderExcluir
  3. oi? estômago embrulhado!

    Volto aqui só depois que este post ir láááááááá para baixo, ou sumir!

    inté!

    ResponderExcluir
  4. Gente... esse povo do norte é muito estranho mesmo... onde já se viu confundir bacalhau com charque! Affff!!!

    ResponderExcluir
  5. Um plasil , por favor!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  6. Vai ver bacalhau e charque tem o mesmo cheirinho totoso....hihihi

    Não curto música regional, acho constrangedor.
    Eu considero Pink Floyd uma banda qualquer, nada que se destaque mais que as outras de sua época.

    ResponderExcluir
  7. o link abaixo não tem relação alguma com o seu post.. mas como vc é publicitário e sei que aprecia as boas coisas..

    http://www.peliculasponder.com/2004/content/directors/gi_01.htm

    ResponderExcluir